OSMJP faz segundo Concerto da temporada 2018 no Centro Cultural do TCE-PB

A Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa realiza o segundo Concerto da temporada 2018, no Centro Cultural Ariano Suassuna do Tribunal de Contas do Estado, neste sábado (14), às 18h, tendo como Regente o Maestro Laércio Sinhorelli Diniz e participação especial do Solista, Fagotista Isaac Soares.

O repertório terá W.A.Mozart, C.M. Von Weber e J.Brahms, conforme programa abaixo. As apresentações da OSMJP fazem parte da parceria entre o TCE por meio do  Centro Cultural Ariano Suassuna e Prefeitura de João Pessoa, prestigiando a cultura paraibana e em especial  a música de uma forma geral.

PROGRAMAÇÃO

W.A.Mozart – Abertura da Ópera “A Flauta Mágica” – A abertura da última ópera de Mozart, “A Flauta Mágica”, deu-se poucos dias depois de sua conclusão. A peça permanece até hoje como um dos maiores sucessos em todos os teatros do mundo. Mozart vivia naquele momento uma série de dificuldades, pessoais e financeiras, vindo a falecer logo depois da estréia.

C.M.Von Weber – Concerto para Fagote em Fá Maior, Op.75 – O Concerto para Fagote, de Weber, juntamente com o de Mozart, é um dos mais relevantes do repertório para fagote solo. Foi escrito em 1811 em uma tournée internacional que Weber fez pela Europa.

Nesta viagem, o seu concerto para clarineta fez tanto sucesso na Bavária, que o fagotista virtuoso Georg Frierich Brand convenceu o Rei da Bavária, Maximilian I, a encomendar a Weber um concerto para fagote.

J Brahms – Sinfonia Nº 4 em Mi menor, Op.98 – A Sinfonia Nº 4 em Mi menor, Op.98, é a última obra sinfônica de Johannes Brahms. Ela começou a ser composta no verão de 1884 e em 25 de outubro de 1885 foi estreada em primeira audição mundial na cidade alemã de Meiningen, numa interpretação da Orquestra da Corte dirigida pelo próprio compositor.

Um correspondente do Neue Musik-Zeitung noticiou o “enorme sucesso” da obra, considerando-a “a conquista mais poderosa” de Brahms no domínio sinfônico. A obra é exemplo perfeito da forma reverencial com que o músico germânico respeitou e tratou a tradição sinfônica, revestindo-a com um cunho particular indelével, o da “melancolia generalizada”, como afirma o musicólogo James Hepokoski.

SERVIÇO:

DATA: 14/04

Horário: 18h00

Local: Auditório Celso Furtado do Centro Cultural Ariano Suassuna

Rua Geraldo Von Sosthen, 147, Jaguaribe – João Pessoa (PB)

Entrada gratuita

Estacionamento próprio

Maiores informações: (83) 3208-3545/46/47

 

 

 

Compartilhe: